iArtigos - Visualizando artigo

PROJETOS PARA CONDOMÍNIOS - IMPORTÂNCIA DA ESCOLHA DA TECNOLOGIA

IMPRENSA > NOTÍCIA

Projeto integrado de segurança é fundamental para condomínios residenciais.

O mercado de segurança eletrônica oferece inúmeras opções de produtos, tecnologias e serviços para condomínios residenciais. Porém, de acordo com estudos sobre ocorrências de roubos nesses locais, apenas equipamentos e serviços não são suficientes para garantir a segurança.

Antes de se adquirir equipamentos e contratar serviços, recomenda-se a elaboração de um projeto integrado de segurança, que contemple todos os recursos necessários para a proteção das pessoas e do patrimônio, considerando-se as características do local.

A empresa contratada deve iniciar esse trabalho com um diagnóstico sobre as vulnerabilidades do local a ser monitorado e uma análise de riscos, para demonstrar a probabilidade dos eventos identificados no diagnóstico acontecerem e seus impactos.

Isso é fundamental para se definir os dispositivos de segurança mais adequados para cada situação, os recursos humanos necessários à execução do trabalho, as normas e os procedimentos a serem adotados pela equipe contratada pelo condomínio, assim como pelos condôminos, além do treinamento de todos os envolvidos.

Um bom projeto de segurança depende também da qualidade dos serviços da empresa contratada para a sua elaboração. É preciso procurar sempre empresas especializadas, ter referências e consultar a sua idoneidade financeira e seu histórico.

Quando da contratação de uma empresa de segurança eletrônica, é necessário certificar-se de que ela garante a procedência dos equipamentos e serviços de pós-venda, como manutenção preventiva e corretiva, imprescindíveis para a eficiência dos sistemas eletrônicos de segurança.

O curso propiciará aos participantes o aprimoramento técnico e o conhecimento sobre o que há de mais atualizado nesse sentido.

 

* FONTE ABESE : Associação Brasileira das Empresas de Sistemas de Segurança Eletrônica.


Voltar


Compartilhar

Todos os direitos reservados ao(s) autor(es) do artigo.